Enfim, um posicionamento da "secretária" Vera Oliveira