Projeto de O Liberal é selecionado a programa patrocinado pelo Meta/Facebook

 Projeto de O Liberal é selecionado a programa patrocinado pelo Meta/Facebook

Sede da Redação Integrada O Liberal em Belém (PA)

Semana com poucas novidades novamente, mas sempre há um jeitinho de trazer as novas da imprensa paraense para cá.

Meta – Um projeto da Redação Integrada O Liberal foi aprovado e está entre os 25 veículos de todo Brasil a participar do programa “Acelerando a Transformação Digital”, realizado pela Meta Journalism Project, empresa que reúne Facebook e Instagram; Centro Internacional para Jornalistas (ICFJ); Associação Nacional de Jornais (ANJ) e Associação Nacional dos Editores de Revistas (Aner). À frente do projeto do grupo Liberal, o único selecionado da região Norte do país, estão Daniel Nardin, Carlos Fellip e Rafael Silveira.

Thiago – O jornalista Thiago Barros, que era produtor da TV Liberal em Belém, é o mais novo repórter dessa emissora, em Parauapebas, região sudeste do Pará.

Thiago Barros é o novo repórter da TV Liberal em Parauapebas

Diego – O jornalista Diego Monteiro, depois de um temporada na comunicação do Hospital Metropolitano, estava contribuindo para as colunas do Mauro Bonna. Mas agora, ele passa a fazer parte do time de repórteres do jornal Diário do Pará.

Diego Monteiro mostra logo onde ele está

Ana Victória – A jornalista Ana Victória Botelho, com passagem pela produção da TV Liberal, assumiu a assessoria da Oncológica do Brasil.

Ana Victória está na assessoria da Oncológica do Brasil

Muito tricô – As jornalistas Adelaide Oliveira, ex-presidente da Funtelpa, e Rita Soares, colunista de O Liberal, estão promovendo lives pelos perfis do Instagram delas, nas quais rolam o “maior tricô”. Fiquem de olho nas redes sociais das meninas, porque elas falam dos mais diversos assuntos, mas que têm grande importância no dia a dia de todos.

Rita Soares e Adelaide Oliveira conversam sobre os mais variados assuntos (foto de Walda Marques)

Documentário de Ariela – Na terça-feira passada, dia 15, o Canal Futura exibiu o documentário “Ressignificando a Identidade na Infância”, em parceria com a Fundação Maria Cecília Souto Vidigal. A direção é da jornalista paraense, formada pela Unama, e produtora de audiovisual Ariela Motizuki. O filme retrata a história de Jorge e Ana Luísa, crianças quilombolas da comunidade Abacatal, em Ananindeua, município da Região Metropolitana de Belém, no Pará. Esta é a terceira produção de Ariela para o Canal Futura.

Ariela Motizuki no set do último documentário que dirigiu para o Canal Futura

Novo blog de notícias – O repórter Igor Wilson, do portal Diário Online (Dol) há cinco anos, criou um blog de reportagens chamado A Base. Nele, ele conta histórias das pessoas da periferia, ou seja, da grande maioria dos paraenses. A primeira reportagem se chama “Era uma vez um portinho”, sobre um pequeno porto na Sétima Rua, em Icoaraci, que era tranquilo, uma rota alternativa, mas que se tornou um caos diário, depois que a ponte que liga Icoaraci a Outeiro foi interditada por causa de danos na estrutura. O link é este aqui: https://abasedotblog.wordpress.com/

Igor Wilson lançou o blog de notícias A Base

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *