Quando o jornalismo invade a academia

 Quando o jornalismo invade a academia

O jornalista Will Montenegro, agora, é doutor em Comunicação, Linguagens e Cultura da Unama

É muito bacana ver os coleguinhas, além da luta do trabalho diário em reações e assessoria, ingressarem na carreira acadêmica. Nos últimos anos, muitos jornalistas decidiram encarar novamente as salas de aulas e assim temos vários mestres e doutores.

A jornalista Helena Saria, assessora de comunicação da vereadora Bia Caminha (PT), se tornou mestra em Ciência Política pela Universidade Federal do Pará (UFPA), em janeiro deste ano. Ela mesma conta como foi “Foi uma banca online e deu tudo certo! Depois de quase três anos de muita luta e estudo, no meio de uma pandemia, com o mundo caindo ao redor, posso dizer que foi uma vitória. É isso, mestra em Ciência Política pela UFPA. Pode vir doutorado, que o caminho é longo e tem muita estrada pela frente”, escreveu.

Helena Saria mestra em Ciência Política pela Universidade Federal do Pará

A jornalista Mônica Oliveira, da turma de Comunicação Social da UFPA 1992, mora há algum tempo longe de Belém. Atualmente, ela reside em Niterói, município da Região Metropolitana do Rio de Janeiro. Mônica acaba de ingressar no doutorado da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). E ela convida: “Vamos pesquisar sobre aprendizagem infantil ao ar livre na área da saúde?”

Mônica Oliveira ingressou no doutorado da Fiocruz

Quem vai ingressar no mestrado é Danielle Ferreira, assessora de comunicação da Adufpa. Ela acaba de ingressar no mestrado em Antropologia Social, na UFPA. No início de março foi homologada a aprovação dela e o calendário prevê início das atividades em maio próximo.

Danielle entrou para o mestrado em Antropologia Social, na UFPA

O Will Montenegro, que é jornalista do TJ-PA e professor na Faculdade de Estudos Avançados do Pará (Feapa), concluiu o doutorado, na sexta-feira, 26. Ele conta: “A pandemia nos impôs a virtualidade pelo bem da nossa saúde há mais de um ano. O calor e o contato diários da sala de aula foram trocados pela interação e mediação da sala de aula virtual. Foi dela, também, que tive a abençoada oportunidade de defender a minha tese de doutorado pelo Programa de Pós-Graduação em Comunicação, Linguagens e Cultura da Unama. O virtual me proporcionou a feliz e a grata presença de familiares, amigos e queridos. Alguns bem de perto e outros de bem longe estiveram comigo. Foi acolhedor! Aqui, o meu obrigado a todos. Estou honrado com a generosidade da banca que teve olhar peculiar sobre o trabalho”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *