Jornalistas paraenses estão em lives que celebram os 10 anos do portal LeiaJá

 Jornalistas paraenses estão em lives que celebram os 10 anos do portal LeiaJá

Antônio Carlos Pimentel Jr. é o editor do portal LeiaJá Pará (foto de Fernando Sette)

Em comemoração aos 10 anos do LeiaJá, o portal de notícias promoverá uma série de lives, do dia 16 a 20 de agosto. Debatendo a prática jornalística, os encontros serão transmitidos, ao vivo, por meio do canal do LeiaJá no YouTube, e contarão com jornalistas do veículo e convidados. A programação é totalmente gratuita.

Confira a programação que inteiramente gratuita

O portal é o canal de informações e comunicação do grupo empresarial Ser Educacional, de Pernambuco (PE), ao qual a Universidade da Amazônia (Unama), em Belém e no Pará, é ligada. O grupo educacional tem alcance nacional, com unidades em outros estados como São Paulo (SP).

O editor-chefe do LeiaJá, Eduardo Cavalcanti, salienta que a iniciativa, batizada de “Meeting de Jornalismo LeiaJá 10 anos”, é uma maneira de apresentar essa primeira década do portal ao público e as ações que estão por vir. Ele acrescenta: “O YouTube é o segundo maior canal de buscas, por isso, realizar essas lives na plataforma é condizente com o momento. As lives estão caindo no gosto popular, além disso, por sua dinâmica, permitem o diálogo”.

Ainda de acordo com Cavalcanti, as temáticas escolhidas para as lives representam como o jornalismo está se comportando neste momento com a presença, de forma mais contundente, das questões sociais e de direitos humanos. Entre as temáticas, que serão debatidas durante o evento, estão direitos humanos, fake news, jornalismo de dados, entre outros temas ligados à profissão.

Confira a programação completa:

Dia 16, às 19h – Jornalismo e Direitos Humanos

Mariama Correia, editora da Agência Pública. Foi repórter do Marco Zero Conteúdo, Folha de Pernambuco e já assinou matérias no The Intercept Brasil e em revistas da Editora Abril. Participa do Atlas da Notícia, um mapeamento do jornalismo no Brasil, como pesquisadora do Nordeste.

Joana Suarez, repórter investigativa freelancer, focada em direitos humanos. Professional Fellow do ICFJ 2021. Tem projetos independentes de podcasts, newsletters e, em 2020, fundou a Redação Virtual, que reúne mais de 200 jornalistas de todas as partes do País.

Marília Parente, repórter especial do LeiaJá. Ganhadora dos prêmios Conif, MPT de Jornalismo e do 1º Prêmio de Jornalismo Cultural, do Sinjope.

Mediação: Nathan Santos, editor do LeiaJá e pós-graduado em Comunicação e Marketing Digital.

Dia 17, às 19h30 – Jornalismo de dados e monitoramento ambiental

Taís Seibt Repórter é gerente de projetos da agência ‘Fiquem Sabendo’. Lidera a iniciativa Afonte Jornalismo de Dados. Passou pelo jornal Zero Hora e já assinou trabalhos em O Estado de S. Paulo, O Globo, BBC Brasil, The Intercept e Agência Pública.

Jéssica Botelho é pesquisadora da agência Fiquem Sabendo e do Atlas da Notícia. Também é doutoranda na Universidade Federal do Rio de Janeiro – com projeto de tese sobre desinformação e desmatamento no Pará -. Mestre em Ciências da Comunicação e graduada em jornalismo pela Universidade Federal do Amazonas.

Mediação: Antonio Carlos Pimentel Jr., jornalista, mestre em Letras, professor da Universidade da Amazônia (Unama) e editor do LeiaJá Pará.

O jornalista e professor Antônio Carlos Pimentel Jr., o Tonga, é o mediador do debate na terça-feira, 17

Dia 18, às 19h – Cobertura jornalística na Amazônia: fake news e fact checking

Guilherme Guerreiro Neto é mestre em Jornalismo pela UFSC, doutorando em Ciências: Desenvolvimento Socioambiental pela UFPA. Repórter do site InfoAmazonia nos projetos Amazônia Sufocada e Engolindo Fumaça.

Catarina Barbosa é repórter investigativa freelancer do projeto #Colabora, do site Repórter Brasil, e correspondente do Brasil de Fato no Pará. Tem passagens pelo G1 Pará e pela agência Amazônia Real.

Mediação: Thiago Barros, jornalista, doutor em Comunicação, professor da Universidade da Amazônia (Unama).

Thiago Barros media o painel de quarta-feira, 18
Catarina Barbosa é uma das debatedoras na quarta-feira, 18
Guilherme Guerreiro Neto está no painel de quarta-feira, 18

Dia 19, às 19h – Jornalismo Engajador

Nataly Simões é editora da agência Alma Preta, especializada na temática racial. Iniciou a carreira no LeiaJá e já assinou reportagens também para veículos como Folha de S. Paulo, UOL e Yahoo Notícias.

Thiago Augustto é produtor e repórter da TV Globo, editor colaborador do site Notícia Preta e idealizador do projeto Futuro Black.

Mediação: Giselly Santos, subeditora do LeiaJá com passagem pela Rádio Folha de Pernambuco.

Dia 20, às 19h Inteligência Artificial, Big Data e Jornalismo

Sérgio Denicoli é pós-doutor em comunicação e CEO da Agência Exata, empresa que trabalha com dados e inteligência artificial. Foi professor da Universidade do Minho e Universidade Lusófona, em Portugal, e da Universidade Federal Fluminense (UFF).

Marina Meireles é jornalista com passagens pelo Diário de Pernambuco, G1 e, atualmente, atua na empresa de tecnologia Bitso. Foi vencedora do Data Journalism Awards em 2018 com o projeto Monitor da Violência, do G1.

Mediação: Flávia Delgado, editora do LeiaJá São Paulo, professora e doutora em Ciências da Comunicação.

Retrospectiva – LeiaJá completa dez anos de história no dia 15 deste mês. Em sua trajetória, o portal realizou grandes coberturas jornalísticas e coleciona mais de dez premiações no segmento, a exemplo do Grande Prêmio MPT de Jornalismo, com o especial “Trabalhador – Herança escravista, pobreza e irregularidades”; NHR, com a reportagem “Cidade do medo e da resistência” e 1º Prêmio de Jornalismo Cultural, com a “A poesia e a consciência negra de Solano Trindade”.

Com informações do portal LeiaJá

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *