CÍRIO 2020

Menina paga promessa devido à Covid-19 e internauta faz postagem desdenhando da ação dela

Foto que Fernando Sette fez na procissão, mostrando Ana Clara e o tio dela pagando promessas à Nossa Senhora de Nazaré

Uma das imagens mais bonitas e emblemáticas do Círio 2020 mostra uma menina vestida como a imagem de santa, representando Nossa Senhora de Fátima, acompanhando um senhor que fez todo o trajeto da procissão de joelhos. Os dois não se separaram em nenhum momento e a imagem dos dois, bem representativa, foi registrada por vários fotógrafos que cobriam a romaria, feita totalmente pelos fiéis, neste ano de pandemia do coronavírus. 

O fotógrafo Fernando Sette foi um dos que fez o registro e o publicou no perfil dele no Facebook. Mas sempre tem alguém para se incomodar diante de uma postagem tão bela. 

Postagem - Um rapaz, que está no Facebook como “Eduardo Eduardinho”, pegou a imagem feita por Sette, e mesmo com a marca d' água do fotógrafo, montou uma postagem colocando figuras “engraçadinhas” no rosto da menina e do homem, com a seguinte legenda: “O pessoal indo pro Círio é igual eu voltando do carnaval”, num claro desrespeito às duas pessoas da foto. 

A brincadeira sem graça de Eduardo rendeu quase 200 compartilhamentos e chegou até à família da menina. Quase que imediatamente, a menina passou a ser motivo de chacota dos coleguinhas, induzidos pela postagem de Eduardo. 

A senhora Jandira Vieira, mãe da menina, que se chama Ana Clara, entrou em contato com Sette e contou que a menina estava muito decepcionada com a postagem maldosa feita por Eduardo. 

Promessas - Na verdade, a menina acompanhou o rapaz, que é tio dela. E os dois estavam pagando promessas à Nossa Senhora de Nazaré por terem vencido a Covid-19. A menina, que é muito católica, já se vestiu como Santinha em outras oportunidades e ela ama fazer essa representação. Ela acompanha a Procissão das Velas, que celebra Nossa Senhora de Fátima, vestida como a Santa. O tio dela, além de fazer o trajeto do Círio de joelhos, levava pedaços de corda pedurados no pescoço. 

Jandira contou que a filha havia chorado muito, depois que passou a ser alvo das ofensas que derivaram da postagem de Eduardo. “Minha filha chorou muito quando a prima dela viu a foto. Os amiguinhos viram e começaram a rir dela. Ela também venceu a Covid-19 e ainda teve sequelas, com crise renal e continua em tratamento. Eu também perdi meu pai pro Covid, mas fiquei muito chateada, mesmo, porque se fosse apenas com o meu irmão, eu não ia me importar tanto, mas ela é uma criança. Será que ela ainda vai querer se vestir de Santinha? Pois ela faz parte da igreja católica desde os 4 anos e sempre que tem oportunidade de se apresentar, ela mesma se oferece, porque adora evangelizar”, contou Jandira. 

A mãe da menina prossegue: “É uma criança ativa dentro da igreja. Aí não sei como está a cabecinha dela, que foi dormir chorando e perguntando por que as pessoas fazem isso”, complementou. 

Uma das brincadeiras maldosas que as pessoas fizeram com Ana Clara foi a de chamá-la de “corujinha”, porque essa foi a figurinha que Eduardo colocou no rosto da menina. 

Apagou - Depois da brincadeira sem graça de Eduardo, muitas pessoas foram ao perfil dele no Facebook para retrucar a bobagem que ele postou, no afã de conseguir mais likes. A pressão foi tão grande que ele apagou a postagem, portanto, a postagem não está mais no perfil dele.

Em uma olhada no perfil de Eduardo, pode-se ver que o rapaz, segundo o que está no perfil do Facebook, trabalha na UFPA. Uma olhada mais apurada e se vê que ele é dado a essas brincadeiras inconsequentes, sem se preocupar com o que está por trás das postagens que ele faz.

As pessoas que comentaram na postagem de Eduardo o acusaram de já ter batido no pai e de ter mostrado as partes íntimas à mãe. Segundo uma internauta, teria cinco Boletins de Ocorrência (BOs) registrados contra Eduardo na Seccional de São Brás.
 

Comentários