TRABALHO MOLHADO

Alta da maré no Ver-o-Peso atrai os olhares e as reportagens da imprensa paraense

Osmarino Souza em meio à maré alta e caiaques, dando close do Veropa

Carros e ônibus cederam lugar a caiaques no entorno do Ver-o-Peso, por causa da maré alta registrada na terça-feira, dia 10. Com a cheia da baía do Guajará, o grupo conhecido como "Canoeiros" realizou um passeio inusitado, entre as barracas da maior feira livre da América Latina e em ruas próximas, durante a maré alta, por volta de meio-dia.

O passeio também serviu como forma de protesto sobre a situação que os feirantes e frequentadores do Ver-o-Peso enfrentam em épocas de maré alta. O grupo de caiaque navegou por entre as barracas da feira e ao longo da avenida Portugal e rua 15 de Novembro. Esta é a segunda vez que o grupo faz esse tipo de ação, que, no ano passado, foi realizada no dia 23 de março.

A imprensa de Belém estava por lá, pronta para registrar a alta da maré e também a volta que a turma do caiaque fez.

Comentários