CINEMA DA DINAMARCA

"Guerreiro da Escuridão" e a busca de fazer justiça com as próprias mãos

Cartaz do filme "O Guerreiro da Escuridão", que será exibido no sábado, 25, às 16h30, no Cinema Olympia

Por Alex Barata

 

O médico iraquiano Zaid (Dar Salim), reside há muito tempo na Dinamarca, tem uma vida estruturada, mas vê sua vida desmoronar, quando o irmão dele é assassinado por traficantes, no filme "Guerreiro da Escuridão". A trama tem direção de Fenar Ahmad, e será exibido no Cinema Olympia, no sábado, 25, às 16h30, dentro na Mostra Cineklap Planet - O Corpo no Mundo. Essa mostra é composta de recentes filmes da produção do cinema na Dinamarca, que segue em cartaz naquela sala até sexta-feira, dia 30 de janeiro, com entrada gratuita.

O filme aborda temas como a adaptação de refugiados em países europeus, a intolerância religiosa e sobre como é a convivência de pessoas refugiadas, junto à população local.

No decorrer da história, vemos alguns conflitos do médico com alguns familiares, que não aceitam o envolvimento do irmão dele com o tráfico e como Zaid é tolerante a isso, questão que o faz tomar uma atitude drástica, fazendo com que ele se afaste da esposa e da vida de "conto de fadas", em que vivia.

Comentários